/Formação

25/nov/09 por Bob Ferraz

10 dicas de um estagiário para quem ainda não é um – Por Vinícius Bandeira

FacebookTwitterPinterestEmail

1 – No começo, vale tudo. Você ainda não tem experiência suficiente para saber o que é realmente bom e o que é realmente ruim. Então, coloque todo seu material na sua pasta e peça conselhos a quem já está no mercado. Se você tiver sorte como eu tive, só vai encontrar gente boa pela frente.

2 – Entrar no mercado. Transpor esse campo de força é difícil. Começar do zero é sempre complicado, principalmente quando você não tem noção exata do que tem que fazer para entrar nele. É importante ter disposição para pesquisar sobre as agências e os profissionais, e, claro, amigos no meio que possam indicá-lo é sempre bom.

3- Os trabalhos da faculdade são o primeiro passo para entrar numa agência de publicidade. Monte sua pasta e mostre ao seu professor, se ele achar que vale a pena, indicará você para algum diretor de criação conhecido dele.

4 – Lembra daquela velha piada do caminhoneiro? Antes de dar carona a uma jovem que está sozinha numa estrada escura e deserta, ele diz: "ou dá ou desce?". Você escolhe a primeira opção! A dificuldade para entrar no mercado é grande, mas se um cara quiser te contratar por um copo d’água diário, você aceita. Faça seu trabalho como se fosse o dono da agência e logo logo aparecerá alguma oportunidade melhor num outro lugar.

5 - Se uma agência maior que a sua chama você e oferece meio copo d’água diário, você vai. Numa agência maior, você provavelmente vai trabalhar mais, se estressar mais e comer muito mais pizza. Entretanto, vai aprender em uma semana o que não aprenderia em 27 anos de faculdade. Não importa o quanto agência está te pagando, o que importa é o quanto você aprende. Pode ter certeza, você vai sair no lucro.

6 – A faculdade atrapalha meus estudos. Depois que você estiver numa agência, todas as matérias e trabalhos acadêmicos serão um déjà vu na sua vida. Escolha qual é a sua prioridade. Mas, claro, aconteça o que acontecer, se forme pelo amor de deus.

7 – Escolha um profissional para seguir. Fuce, pesquise, pergunte. Descubra como os grandes nomes da propaganda chegaram aonde chegaram. Tanto faz se é daqui ou se é de fora. Mande email, carta... qualquer coisa. O máximo que ele vai fazer é não responder.

8 – Procure referências. No começo, o nosso senso para julgar o que criamos ainda é muito baixo. Ver anuários, conhecer o que está sendo feito, tudo isso é importante. O Gogojob tem milhares de sites de referências. Dá uma olhada, a gente sempre aprende muito.

9 – O Millôr Fernandes tem uma frase assim: “Quando um publicitário fala, eu fico sempre esperando o próximo comercial.” Por favor, não fale só de propaganda. No fundo, no fundo, só quem realmente gosta de propaganda é publicitário. Viva outras coisas. A vida não cabe em 30 segundos.

10 - A principal dica que aprendi com Edison Martins (se não sabe quem é, vá pesquisar): FAÇA! Seja ousado e não tenha medo de errar, mas acima de tudo: faça! Se te pedirem uma coisa, entregue 10. Se você teve uma idéia, tenha mais 12. Mostre que você pode fazer sempre mais. Claro que, mesmo sendo estagiário, você tem um limite, como todo ser humano. Seu chefe entenderá se você não conseguir entregar 50 títulos (pelo menos alguns entendem).

11 – Já que a ideia é fazer sempre mais, aí vai mais uma dica: seja uma esponja. Aprenda a absorver tudo que você vê, ouve ou lê. Acredite: aquela fofoca que você escutou no ônibus semana passada pode fazer a diferença na hora de ter uma ideia.

Vinicius Bandeira é estagiário de redação da Mart Pet Comunicação (Recife-PE).

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

3

Comentários

  1. Autor:
    Igor Moura
    Data:
    29/mai/09
    Hora:
    16:00

    Docaralho o texto, meu velho. Parabéns!
    Como já dizia a minha avó: "esse menino vai longe".

  2. Autor:
    Gabriela
    Data:
    31/mai/09
    Hora:
    12:44

    Adorei, Vivi. Tu vai longe mesmo!

  3. Autor:
    loi
    Data:
    06/jan/10
    Hora:
    10:51

    acho que você colocou "só as coisas boas" aí. É muito fácil falar o que se deve fazer e não comentar como é o dia a dia. Esqueceu de dizer que você vai apanhar muito pra aprender, que vai ouvir coisas desagradáveis e muitas vezes no dia, se frustrar na sua profissão por não ter conseguido estagiar naquela agência que você almeja, mesmo depois de já ter tentado inúmeras vezes. Olha, o texto é muito bonito, mas é muito simples do que é realmente ser um estagiário. Não sei se é o seu primeiro estágio, não sei se é por conta da empolgação da coisa, mas tá longe de ser só isso. Não leve minha crítica como algo ruim, mas apenas falo do lado de quem vive o "não muito bom" da coisa. Abraços e boa sorte na sua empreitada.

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress