/Formação

06/mai/10 por Bob Ferraz

Quero ir pra Cannes fazer turismo

Sergio Aires é redator da DDB Moçambique.
FacebookTwitterPinterestEmail

Enjoei de propaganda, pronto, tá escrito. Passei do estágio de pensar sobre esse enjoo (e de confessar para os meus amigos mais confidentes), para o estágio de escrever sobre esse enjoo (e dividir com quem ainda não é meu confidente). Eu vivia publicidade o tempo todo. Trabalho com isso, usava meu tempo livre pra isso, meu assunto preferido nas mesas de bar era isso, meus amigos eram por causa disso e eu até cagava com algum livro ou revista sobre isso. Só que agora eu enjoei. Mas calma, senhora propaganda, toda ex-paixão merece respeito, consideração e, quem vai negar, uns amassos de vez em quando. Eu disse que enjoei de propaganda, eu não disse que abandonei a propaganda. Lá vou eu e minha necessidade de deixar tudo explicado, para que não hajam interpretações desdenhosas e distorcidas: enjoei de ficar acessando sites de propaganda; enjoei de perguntar “ei, visse aquela campanha?“ (sabendo que a resposta provavelmente seria “não“ porque eu, como excelente e dedicado publicitário, estou por dentro das últimas-melhores-campanhas criadas no eixo EUA/Argentina/Londres/Brasil/Pessoal do Oriente – que estavam fazendo (pelo menos na época em que eu não tinha enjoado de propaganda) uma excelente propaganda; enjoei de “pensar em“ ou “pensar pra Cannes“; enjoei dos twitters dos publicitários – que insistem em dar RT nos twittes de outros publicitários, cuja mensagem eu já tinha lido, pois seguia ambos; enjoei de ficar até tarde, mas isso não é nenhum mérito, era falta de noção; e enjoei de “vamos fazer pra pasta“.

Agora quer ler um desabafo? Eu gostei do resultado, taí. Digam o que quiserem, pensem o que quiserem, deixem de me contratar porque querem, mas eu gostei disso, oh?! As consequências foram inéditas pra mim: conheci novos amigos, de novas áreas; aprendi sobre música; vi seriados; assisti a mais filmes; li mais livros sobre tudo, exceto publicidade; viajei, conheci novos lugares e substituí os livros e as revistas de publicidade na hora de cagar por um violão, apesar do meu banheiro ser apertado.

Não vou usar meu emagrecimento pra reforçar as qualidades de enjoar de publicidade, já que eu encaro isso como força de vontade minha. Portanto, aproveitando: parabéns pra mim nesse ponto.

Estou feliz com o resultado. Enjoar de propaganda abriu minha cabeça e, na minha opinião, melhorou o meu compromisso com a publicidade. A vontade antiga de usar a publicidade com intuito primordial de me promover através de anúncios criativos, campanhas geniais e ações que tiravam expressões manjadas do enjoativo mundo da publicidade, como “do grande caralho“, foi substituída pela vontade atual de promover uma marca e, essencialmente, melhorar a vida do consumidor – que, no caso atual do mercado em que atuo é composto 70% por analfabetos e pessoas que vivem com menos de 100 dólares por mês (portanto, necessitam demais de um publicitário que pense neles, não num festival).

A conclusão final, que coincide com a conclusão deste texto, é a mais sincera possível. Não tenho pretensão de abandonar a publicidade, de forma alguma: tenho um grande compromisso de retribuir tudo que ela me proporcionou. Mas tenho, sim, a pretensão de olhar menos para propaganda e mais para a vida. Eu ouvia isso o tempo todo e achava que estava dando conta dos dois. Eu acho que esse tempo que olhei muito para propaganda me ajudou a entender como se faz propaganda. Agora eu preciso começar a transformar o que eu vivo naquilo que eu enjoei.

Sergio Aires é redator da DDB Moçambique.

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

11

Comentários

  1. Autor:
    Tarrask
    Data:
    06/mai/10
    Hora:
    14:15

    Talvez, desconfio, seja o texto mais lúcido já publicado no gogojob.

    Principalmente para quem está no nordeste.

    Parabéns de verdade, Serginho.

    Agora, dica de quem nunca viu o festival, mas passou pela cidade: esqueça Cannes. Mônaco é do lado, e muito mais chinfrosa. :P

  2. Autor:
    marcela
    Data:
    06/mai/10
    Hora:
    14:45

    :) é quando se enjoa de propaganda e do "brilhozinho" que o trabalho começa a ser mais profissional. E eficiente de verdade.
    Muito bom mesmo o texto. Concordo com Alexandre. O melhor de todos daqui. Parabéns, serginho. :) e boa sorte =D

  3. Autor:
    Guto
    Data:
    06/mai/10
    Hora:
    14:47

    Que texto massa, Serginho. Se todo mundo pensasse assim...

  4. Autor:
    @loisantos
    Data:
    06/mai/10
    Hora:
    14:59

    Esse tarrask só quer ser o "bonvivant". Mônaco e blê blê blê de meu amor. Volta pro BR e vem pegar busão com a gente Tarra!

    Bacana o texto, acho que existe sempre aquela hora em que a gente enjoa de algo que faz parte do nosso dia a dia, da nossa vida. Mas deixar de viver outras coisas, especialmente por conta de uma só? Tô fora.

  5. Autor:
    Tarrask
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    8:42

    Bon vivant? Claro. A gente tem que viver e ser feliz antes de virar pó. E pensar na vida agora, não em leões hipotéticos e imaginários.

    Pé no chão, briefing na mesa e fogo nos neurônios, @loisantos.

    E pegar busão é fácil. Chato é pegar kombi boa-viagem-caxangá-CDU-aceita-tique-pega-vale. :P

  6. Autor:
    ê nordeste
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    9:03

    "ei, visse aquela campanha?"

    visse é ótimo.

  7. Autor:
    jurandir
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    11:38

    Rapaz, tu não pode encerrar a carreira enquanto não escrever o livro que conta fatos engraçados de Jurandir Miranda! Hehehehehe.

  8. Autor:
    Lenilson Lima
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    12:27

    Esse menino tá crescendo.

  9. Autor:
    Victor Holanda
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    14:11

    Boa meu querido! Pois bora comigo pra africa do sul nesse final de semana danaaaado! Vamo levar o Cauby! E tome buzina!

  10. Autor:
    thyego
    Data:
    07/mai/10
    Hora:
    16:32

    é o fresco, é?

  11. Autor:
    marcelo
    Data:
    03/jun/10
    Hora:
    12:26

    Só espero que seja verdade.

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress