/Formação

21/jul/10 por Sergio Mendonça

Leão Medroso

Rafael Rizuto é diretor de arte da Ogilvy Dubai.
FacebookTwitterPinterestEmail

Já faz mais de 3 anos que deixei o Brasil pra me aventurar aqui por essas bandas do Oriente Médio. Passei por poucas e boas, conheci um monte de gente de tudo que é canto, viajei pra vários lugares, enfrentei todas as desventuras que um criativo pode ter nessa profissão, seja com atendimentos, produção, focus group ou clientes que não aprovam nossas ideias brilhantes.

No final das contas cheguei a conclusão que, dadas as devidas proporções, é tudo a mesma coisa, seja aqui em Dubai, Recife ou em Vladivostok.

Uma coisa que eu nunca entendi ao longo desses anos é o desempenho (nulo) de Pernambuco em Cannes. Acho que nunca houve um vencedor. Corrijam-me se estiver errado. Tenho conversado com vários amigos sobre isso, mas não chegamos a nenhuma conclusão do porquê dessa peleja do Leão do Norte com o Leão da Cote d'azur.

Seria falta de talento? Não. Na minha opinião os pernambucanos estão entre os melhores criativos que conheço, são raçudos, solidários, apaixonados e ainda por cima tem aquela fuleiragem que ninguém mais tem no mundo. Produzimos criativos leonados do calibre do André Laurentino, Miguel Benfica, Luciano Lincoln, entre outros. Mas porquê eles só conseguiram essa façanha quando deixaram a terrinha?

Seria falta de recursos? Também acredito que não. São diversas as categorias e subcategorias. Não se precisa mais daquela penca de dinheiro pra produzir aquele filme ou contratar aquele fotógrafo foda pra aquela campanha impressa. Você pode ganhar com um cartão de visitas ou uma mala direta (www.canneslions.com/work).

Seria falta de bons clientes? No. Veja a lista de clientes que ganharam este ano. Nem todos são Nike ou Burger King. Dá pra ganhar até com aquele nosso fornecedor brother (http://www.canneslions.com/work/direct/entry.cfm?entryid=23091&award=3).

Seria falta de ambição? Talvez. Lembro que o sentimento era que Cannes era uma coisa meio que inatingível, coisa de São Paulo ou dos gringos. Acredito que o que tem que mudar é o mindset dos profissionais, acreditar na ideia e, principalmente, inscrever as peças.

Rafael Rizuto é diretor de arte da Ogilvy Dubai.

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

0

Comentários

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress