/Formação

15/abr/11 por Sergio Mendonça

O ovo de pata e o sexo tântrico

Pedro Pletitsch é diretor de arte e professor da Miami Ad School ESPM em São Paulo
FacebookTwitterPinterestEmail

Mas e se eu te contar que um pesquisador da Austrália descobriu que o ovo de pata contém substâncias que ajudam no controle da ereção masculina e permitem uma relação mais prolongada? E como não é bobo, o sujeito reuniu alguns criadores de patos e montou uma cooperativa, que abriu um site e, com um produto tão atraente, está faturando uma nota preta, e em menos de um ano está mudando consideravelmente os costumes de toda uma região do país?

E se considerarmos que o ovo de pata é mais saudável e tem menos colesterol que o de galinha, não seria absurdo supor que uma pequena revolução está a caminho.

Tudo isso para dizer que, na comunicação e na vida, o poder localizado, e até o de uma só pessoa que você jamais ouviu falar, nunca foi tão real.

Pense como, há menos de 10 anos - ou seja, quase nada em termos históricos -, seria impossível um dono de uma banca de pastel muito curioso ver no Youtube uma ação localizada da Crispin Porter, e aplicar algo parecido no seu negócio. Fazer um sucesso danado e em pouco tempo dominar o mercado pasteleiro da cidade.

Mas o mais assustador está por vir. Já está sendo testado em alguns mercados, em especial no americano, uma estratégia de comunicação inovadora, que poderíamos chamar de anúncios Just in Time.

Exemplo: você está na net pesquisando as condições da estrada para a praia, e neste momento entra um banner de uma rede de postos dessa estrada com uma promoção incrível . Você clica, pois vai ter que parar na viagem. Automaticamente aparece um pop up de uma pousada bacana na sua praia. E daí pra frente você já matou a charada. Da farmácia ao show de praia da cerveja X, todo mundo vai encontrar você. Ou melhor, todo mundo encontra todo mundo e, a partir daí, podemos concluir que a dispersão da mensagem veiculada no Jornal Nacional começa a não fazer muito sentido, pois será possível oferecer uma coisa que te interessa, no momento exato do seu interesse e somente para as pessoas certas.

Dá medo, não dá?

Aí vem a pergunta: com essas transformações e nessa velocidade, o que a gente faz?

Acredito que ninguém tem a resposta. Mas acho que um bom começo é dar mais atenção às coisas locais, ou seja, além de dar aquela olhadinha no site do AdCritic e do CCSP,  fazer uma visita no ponto de venda do produto do seu cliente. E sempre que puder, conversar com o pasteleiro do seu bairro.

Pedro Pletitsch é diretor de arte e professor da Miami Ad School ESPM em São Paulo, e estará comandando o curso “Criação com ênfase em Direção de Arte” nos dias 16 e 17 de abril em Recife, com apoio do GogoJob.

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

0

Comentários

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress