/Úteis

31/ago/11 por Ana Jacque

Os formadores de opinião da Faber-Castell

FacebookTwitterPinterestEmail

Gigante global dos lápis de cor completa 250 anos com um grupo célebre de clientes ao longo da história.

Autorretrato com Chapéu de Feltro, pintado por van Gogh em 1887 .

“Também gostaria de lhe contar sobre um tipo de lápis que encontrei, da Faber. Eles têm a espessura ideal. São muito macios e de qualidade superior à dos lápis de carpinteiro. Têm um preto profundo e são agradabilíssimos para trabalhar em grandes estudos. (...) Os corpos dos lápis são de madeira macia, pintados de cor verde-escura e custam 20 centavos a unidade”. Esse depoimento poderia constar do script de algum comercial ou ação de merchandising para a TV. Faz parte, porém, de uma carta escrita em meados de junho de 1883 por Vincent van Gogh, pintor neerlandês expoente da escola pós-impressionista que viveu entre 1853 e 1890.
Quando se trata da Faber-Castell, é comum as referências datarem de épocas distantes. A fabricante de lápis e canetas foi fundada — como seu “slogan” não nos deixa esquecer — em 1761, em Stein, Francônia, região que hoje integra o estado alemão da Baviera. Entrou em operação 15 anos antes de os americanos irem à luta pela independência de seu país. 28 anos antes de a fortaleza e prisão política de Bastilha ruir em meio aos protestos do que seria conhecido como Revolução Francesa. Ou seja, a empresa existe desde antes a humanidade alcançar a Idade Contemporânea.

Com um passado desses, fica relativamente fácil colecionar clientes fiéis renomados, muito antes de a renitente (e deturpada) ideia de aproximar as marcas de “formadores de opinião” entrasse na rotina dos departamentos de marketing das corporações. Entram no grupo de fãs célebres da marca nomes como o de Carl Barks, um dos ilustradores mais importantes dos Estúdios Disney. Foi ele quem criou a cidade de Patópolis e uma série de habitantes do lugar para fazerem companhia a Donald, Margarida e os trigêmeos Huguinho, Zezinho e Luisinho: Tio Patinhas, irmãos Metralha, professor Pardal e a Maga Patalógika, entre diversos outros.

A Faber-Castell também conquistou a fidelidade de clientes do grau do pintor expressionista e escritor austríaco Oskar Kokoschka; do suíço naturalizado alemão Paul Klee, cuja trajetória artística foi marcada por telas que misturavam cubismo e surrealismo; e do estilista alemão Karl Lagerfeld — que, por sua vez, foi quem desenhou o vestido de noiva de Katharina née von Sprecher-Bernegg, esposa do Conde Anton Wolfgang Graf von Faber-Castell, atual presidente da empresa batizada com o sobrenome de sua linhagem.

Fonte: M&M

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

0

Comentários

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress