/Formação

29/set/11 por Agnes Pires

Blogs: o que eles dizem de você como profissional – Por Tarcízio Silva

FacebookTwitterPinterestEmail

A minha "porta de entrada" para trabalhar com comunicação digital de forma profissional foram os blogs. Depois de produzir diversos blogs - inclusive daqueles mais pessoais, adolescentes mesmo -, criei um blog sobre design editorial e arte, na graduação. O falecido "Imagem, Papel e Fúria" era um modo de manter-me pensando sobre o objeto de minha pesquisa de conclusão de curso, design de revistas. Com alguma dedicação, o blog foi ganhando mais visitação e visibilidade. O ponto alto foram pequenas parcerias com editoras e a publicação no livro "Blogs: Mad About Design", que reuniu centenas de blogs sobre design de todo o mundo.

Mas, quando o mercado da comunicação digital e mídias sociais começou a ganhar corpo no Brasil, outros caminhos me levaram para agências e até montar uma, da qual fui sócio-diretor até recentemente. Nesta última agência que trabalhei, tive a oportunidade de conhecer, selecionar e trabalhar com diversos tipos de profissionais. Olhando retrospectivamente, percebi que as três profissionais que mais acertei em indicar para a empresa eu encontrei online. Através de blogs, Twitter e outras mídias, conheci e tive a certeza de fariam a diferença em nossa equipe. Isto não me surpreende. As mídias sociais oferecem a oportunidade de conhecer melhor algumas pessoas que temos contato presencialmente e de conhecer muito bem pessoas que ainda não encontramso face a face. Também já indiquei para vagas de emprego pessoas que "só" conheci através de blog e mídias sociais.

Então listei algumas dos papéis que blogs podem exercer em processos seletivos, ligando a competências profissionais que podem ser percebidas por um empregador.

Dedicação. Em nenhum campo da vida, os resultados vem da noite pro dia. É preciso trabalhar com afinco para chegar aos objetivos. Um profissional que se dedica ao blog mostra que entende a importância de investir em ações que vão ter resultados de médio e longo prazo.

Referências. Uma pessoa pode mentir muito no currículo, mas algumas mentiras não se sustentam depois de quatro ou cinco postagens. Através de um blog é possível perceber as referências intelectuais que a pessoa armazenou ao longo do tempo. A citação a um curso em um currículo vale muito menos do que um texto bom e original sobre o tema.

Argumentação. Seja planejamento, produção de conteúdo ou analista de métricas, o comunicador sempre precisa convencer alguém. Precisa convencer o cliente da agência, o consumidor dos clientes ou mesmo outro setor ou coordenador. O modo pelo qual o profissional defende suas ideias em seu blog é um bom indicador de sua capacidade argumentativa.

Ética. Qual o rigor desta pessoa em relação ao conhecimento? E o respeito em relação aos outros? Recursos básicos como indicação de fontes, citação aos trabalhos que inspiraram o texto e rigor na construção do conteúdo mostram se o blogueiro se preocupa com a ética. Se alguém realiza plágios em seu blog pessoal, imagina o que não faria nas mídias sociais de uma empresa?

Responsabilidade. O mercado da comunicação digital, apesar de crescente, ainda é novo. Então acho que todos os profissionais da área devem ser engajados em passar informações reais, sem sensacionalismo e checadas. Papos como "mídia social tal vai morrer" ou "esse novo site vai substituir este outro" são tiros ao vento, que servem pra gerar visitação mas mancham o profissional.

Cultura Digital. Um bom analista, redator ou produtor de comunicação digital sem presença online? Não dá pra imaginar isso. Os melhores profissionais são aqueles apaixonados pelo que fazem. Um blog bem cuidado mostra que o profissional trabalhará com prazer (e, por isso, eficientemente) e que está mergulhado nos ambientes online. Vai entendê-los, compreender sua dinâmica.

Acredito então, piamente, que os blogs são os melhores amigos do profissional de mídias sociais. Pense neles como um amigo mesmo, um companheiro que vai estar ali contigo sempre. Ao mesmo tempo que é uma extensão de seu pensamento e presença, também é um arquivo de seus interesses e memórias, que vai ajudar a confrontar e repensar ideias.

Então, mexa-se! E a próxima vez que for mandar um currículo, não se esqueça. Depois de seu nome, coloque como informação mais importante: seu blog.

----

Tarcízio Silva atua como pesquisador, analista e professor de comunicação digital e mídias sociais. Organizador dos ebooks "#MídiasSociais, Perspectivas, Tendências e Reflexões" e "Mídias Sociais e Eleições 2010". Mestrando no PPGCCC-UFBA e membro do Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade.

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

1

Comentários

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress