/Formação

02/abr/13 por Bob Ferraz

GogoJob entrevista o criativo português Daniel Soares

FacebookTwitterPinterestEmail

O GogoJob entrevista o publicitário português Daniel Soares, um dos criativos da nova geração mais premiados da Europa, tendo sido responsável pelo design gráfico do super premiado Invisible Drive. Antes disso, Daniel Soares fez sucesso na agência portuguesa Torke, onde participou da Galeria de Arte Urbana, um projeto que tinha como objetivo acabar com o preconceito em relação ao street art e, ao mesmo tempo, preservar o patrimônio histórico da cidade de Lisboa. Depois de ter ganho o concurso de jovens criativos do Eurobest, foi morar na Alemanha em 2011. Hoje, Daniel é diretor de arte na Jung von Matt de Hamburgo. Mas já está de saída para um novo projeto.

(Daniel, em viagem por Londres)

GogoJob: Como você começou a sua carreira? Quais as maiores dificuldades que você enfrentou nesse período?

Daniel: Comecei sendo rejeitado pela agência com a qual mais tarde acabei ganhando um leão em Cannes, a Torke. Era novo, não tinha portfolio, nem se quer sabia a diferença entre um redator e um diretor de arte quando fui à agência. Mas eu adorava as ideias e o trabalho desenvolvido pela Torke. Por isso, 6 meses depois, durante a madrugada, fiz uma ação de guerrilha para chamar a atenção do pessoal: decidi montar uma cama de verdade em frente da agência e colocar um cartaz onde dizia: "Ainda não trabalho aqui, mas já sou o primeiro a chegar." Ou seja, tentei demonstrar a coisa que era o meu único diferencial naquela época: vontade e dedicação. A partir daí, tive sorte de trabalhar com pessoas que eu admiro muito: O Andre Rabanea, o Bob Ferraz, o Fred Roberto, a Thais Fabris... Já na Jung von Matt, tive o privilégio de trabalhar com o Michael Ohanian, um dos melhores criativos que conheci na vida.

GogoJob: Você cresceu muito rápido, passando de estagiário a diretor de arte sênior em menos de 2 anos. A que você explica isso?

Daniel: Para mim, a coisa mais importante é trabalhar com pessoas que tem chama e paixão por aquilo que fazem. Isso acaba por nos contagiar. No início da carreira, você pode atºe não ter muita experiência, mas pode aprender com essas pessoas. O talento ajuda, claro, mas você só vai aprender se tiver, sobretudo, curiosidade e paixão. Paixão nos leva a conseguir mais do que nos próprios imaginamos. Paixão nos faz trabalhar mais e mais e, no final, vai gerar resultado e evolução. Só é preciso ter calma e continuar, nunca ficar parado. Uma das dicas é tentar ao máximo colocar coisas na rua. Se não der para produzir muita na agência que estamos, então temos que fazer por conta própria. Talvez tenha sido este o meu segredo.

(Videocase da Galeria de Arte Urbana, projeto premiado em Cannes onde Daniel fez parte da criação)

GogoJob: Se você fosse começar agora, o que você faria de diferente?

Daniel: Tentaria fazer mais projetos pessoais. Luto comigo cada dia, como todos os bons criativos que conheço, para colocar mais ideias próprias em prática. Uma ideia pode ser publicidade, mas pode ao mesmo tempo ser uma peça de arte, um site, uma ideia para uma start-up ou qualquer outra coisa. Os melhores criativos não são aqueles que tem 100 ideias por dia, mas aqueles que tem 2 boas por mês e as executam. Um criativo é medido pelo que faz, não pelas coisas que estão guardadas na sua cabeça. Se não foi feito, não interessa a sua ideia.

GogoJob: Você trabalhou no mercado de Portugal e da Alemanha. Quais são as maiores diferenças entre estes mercados?

Daniel: Sobretudo o dinheiro investido. Na Alemanha, os projetos são maiores, mais profissionais, melhor executados e internacionalmente reconhecidos. Isso não significa que um mercado seja melhor que o outro. Há muito talento bom em Portugal. Uma coisa curiosa que eu percebi é que publicitário é desorganizado em qualquer parte do mundo, até mesmo na Alemanha, conhecida pelo seu lado metódico. Ou seja, acho que somos todos iguais (risos).

GogoJob:  Agora você está tendo uma experiência na Argentina. Por que escolheu este país?

Daniel: Decidi parar por umas semanas, por um pequeno período sabático. Vim conhecer a cultura argentina e trabalhar com produtora de filmes e estúdios de design gráfico para aumentar o meu leque de conhecimentos. Estou colaborando com a Primo e aprendendo com o Nico, da Nico& Martin, que é, para mim, um dos melhores diretores de filmes publicitários do mundo. Estou também colaborando com o estúdio Furia, em Buenos Aires. É bom ver o outro lado, para sermos melhores diretores de arte. Mas, logicamente, vou continuar na publicidade. É isso o que eu realmente adoro.

(Projeto Invisible Car, feito pra Mercedes, onde Daniel foi responsável pelo design gráfico)

GogoJob: Mas afinal, aonde você quer chegar?

Daniel: Não sei onde eu quero chegar, mas sei que quero continuar fazendo o que eu adoro: criar ideias que mexam com as pessoas, e fazer comunicação que seja relevante para todos. E não só para a nossa bolha publicitária. A maioria dos publicitários estão sempre criando anúncios para publicitários, e não pro target do produto/serviço, e isso tem que acabar.

Se quiser saber mais sobre o Daniel ou conferir o seu portfólio completo, clique aqui.

Tags relacionadas

Envie para um amigo

(Use a vírgula para informar mais de um endereço)

1

Comentários

/Outras Seções

/ Twitter @ GogoJob

"Diretor de Arte – Fortaleza http://t.co/GOCCGWC6l6 #GogoJob"
"Estágio em Direção de Arte – João Pessoa http://t.co/s5ZK9GaFU4 #GogoJob"
"Estágio em Redação – João Pessoa http://t.co/ZgQZFNK7io #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/0DKHnIFrp5 #GogoJob"
"Estágio em Redação – Recife http://t.co/JGh1zxBNOx #GogoJob"
"Confira as nossas últimas vagas - http://t.co/ycMdi5gyhz #GogoJob"
"Designer Gráfico – Recife http://t.co/ynPZ1zIkpD #GogoJob"
"Diretor de Arte Júnior – Recife http://t.co/n1lreZVRfh #GogoJob"
"Entrevista com Max Leal, publicitário paraibano que será homenageado em Gramado - http://t.co/wnWj9eybsr #GogoJob"

2004-2019 © Todos os direitos reservados Gogojob
Empregos e Formação Publicitária no Nordeste
Desenvolvido por Concepto Internet, utilizando o WordPress